Agende sua avaliação agora mesmo! (13) 3385-1411

Mesoterapia ou Intradermoterapia

 
A intradermoterapia consiste na aplicação de substâncias medicamentosas na pele, abaixo dela ou nos músculos, com finalidades específicas.
Normalmente ela é aplicada para tratamento de gordura localizada, flacidez, estrias brancas, até mesmo celulite e rejuvenecescimento. Podem ser aplicados diversos compostos, que são mesclados conforme a queixa do paciente.
A intradermoterapia foi criada na França e seu principal objetivo é ter mais resultados por aplicar o medicamento no local que se quer tratar, o que também reduz efeitos colaterais.

mesoterapia

Indicações da intradermoterapia

A intradermoterapia pode ser usada no rosto e no corpo, e por isso acaba tendo diversas finalidades. Confira as principais:
  • Estrias brancas: As estrias antigas, principalmente as mais finas, podem apresentar grande melhora.
  • Gordura localizada: O acúmulo de tecido adiposo com pequeno volume no abdômen, nas laterais do corpo e nas coxas também pode ser tratado.
  • Celulite: A substância L-carnitina que atua sobre as toxinas que formam a celulite e o silício orgânico que reduz a acumulação de toxinas.

Sessões

São indicadas, em média, de 5 a 10 sessões, realizadas 1 vez por semana com duração de 30 minutos.
Os resultados variam de acordo com cada caso e objetivo e normalmente acabam aparecendo na terceira sessão, mas tudo depende da indicação clínica e do tipo de problema tratado.

Cuidados antes da intradermoterapia

No dia é importante que a pele esteja limpa, sem cremes ou outros produtos na pele. Qualquer fator que deixe o sangue mais fluido é contraindicado nos dias anteriores ao tratamento, como ácido acetilsalicílico.

Cuidados após a intradermoterapia

É preciso tomar cuidado com os locais em que as substâncias foram aplicadas, preferindo tecidos de algodão, evitando jeans e também sentar-se em superfícies diretamente com a pele.
Indica-se usar compressas geladas no corpo, para reduzir a dor e o desconforto, além de diminuir a formação de hematoma. Caso eles se formem, é muito importante ter uma proteção solar adequada, para evitar manchas.
É importante também evitar outras técnicas estéticas que manipulem a região onde foi feita a intradermoterapia.
No tratamento para estrias, é indicado o uso de bermudas compressivas por de sete a dez dias após as sessões.

images

Como é feita a intradermoterapia

A intradermoterapia consiste na aplicação local de substâncias, seja na pele, abaixo dela ou nos músculos. A aplicação é feita com agulhas com até de 1 a 2 milímetros de diâmetro e que atingem uma profundidade que pode variar entre 3 a 8 mm. Quanto mais profunda a aplicação, mais o produto se espalhará em uma área maior.
Quando ela é feita nos músculos, normalmente são aplicadas substâncias anti-inflamatórias, relaxantes ou anestésicas. Normalmente ela funciona melhor em áreas menores, já que há um limite do volume de substância que é aplicado.
Já a intradermoterapia para gordura localizada, especificamente, aplica a substância nas células de gordura, tornando a gordura mais fluida. A gordura fluidificada acaba sendo reabsorvida pelo fígado e será, posteriormente, metabolizada e eliminada pelo organismo.

Contraindicações

    • Doenças de pele na região a ser tratada;
    • Gestantes;
    • Lactantes;
    • Cardíacos;
    • Pacientes com doenças crônicas;
    • Pacientes com problemas hormonais;
    • Pacientes com problemas imunológicos (soropositivos, oncológicos);
    • Alergia aos compostos utilizados.

Grávida pode fazer?

Durante a gravidez ou amamentação não é recomendado realizar a mesoterapia, pois as substâncias podem fazer mal ao feto ou chegar até o leite materno.

A fim de melhores resultados, qualquer tratamento para gordura localizada, requer empenho do paciente. Aliando ao protocolo, uma alimentação saudável e a prática regular de atividade física.